segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

APRESENTAÇÃO DE RUGGERO DEODATO NO VI CINEFANTASY

Como presente de fim de ano, a RZP deixa pra vocês um vídeo muito especial!

A apresentação de Ruggero Deodato, o diretor do controverso e cultuado filme "Canibal Holocausto" no Deodato Day, que aconteceu no VI Cinefantasy em São Paulo, no dia 22 de novembro de 2011, antes da exibição de seu filme.

Esse dia foi muito especial para os fãs, pois todos puderam ter contato com esse grande ícone do cinema de terror, que sempre muito simpático, atendeu à todos com muita alegria e disposição, um grande exemplo que deve ser seguido!

Agradecimentos especiais aos organizadores do evento, que a cada ano conseguem se superar com as atrações!

Feliz ano novo!!!!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

JUVENATRIX 132 - ENTREVISTA COM JOEL CAETANO E MUITAS OUTRAS MATÉRIAS, CONTOS E RESENHAS!


Está disponível a nova edição do Juvenatrix, editado por Renato Rosatti.

Eeste número entrevista o cineasta independente Joel Caetano, aqui da RZP, publica contos de Dalila Rocha Sousa e Rita Maria Felix da Silva, e resenhas os filmes Os monstros da noite (1966), O último mundo dos canibais (1977) e Planeta dos macacos: A origem (2011), além de divulgar produções alternativas e bandas de Metal extremo. A capa traz uma ilustração de Rafael Tavares.

Para solicitar uma cópia em formato PDF, envie um e-mail para renatorosatti@yahoo.com.br

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

LUIZ CARLOS BATISTA

Eu não queria escrever nada sobre isso, pois não sei se minhas palavras estarão à altura do que estou sentindo, mas, ao mesmo tempo, preciso prestar pelo menos essa pequena homenagem a esse grande homem.

Luiz Carlos Batista!


Luiz Carlos Batista em "Junho Sangrento"





Um grande amigo, mentor, pai, marido, filho, irmão e artista nos deixou esse ano!

Ele que interpretou brilhantemente os melhores personagens dos dos filme da RZP, o Dr. Marvin em "Minha Esposa é um Zumbi", o caipira João em "Junho Sangrento", o vilão "Sem Rosto" em "O Assassinato da Mulher Mental" e por fim, sua maior contribuição ao cinema de terror, o personagem principal de "GATO" que ele interpretou de forma vigorosa e genial.

Luiz, ou Kaká, como todos o chamavam, era um homem de muito talento e criatividade.

Uma pessoa alegre, amante da arte e sempre disposta a ajudar e compartilhar seu notável conhecimento.



Foi diretor, ator, roteirista de teatro nos anos de 1970 (e de acordo com seus relatos, até dançarino e vocalista de uma banda de rock) e seus texto novos e antigos, são interpretados até hoje, pelo Grupo Ato, uma companhia teatral da cidade de Bauru no interior de São Paulo, liderada por seu irmão, o Carlinhos e sua cunhada Bete.

É um fim de ano difícil, fica a saudade e a lembrança de um grande e talentoso homem, que na verdade, nunca vai nos deixar!

Boa noite "GATO"!

Joel Caetano

RZP DESEJA BOAS FESTAS!

Um ano cheio de momentos únicos para RZP com a participação em Festivais e Mostras por todo Brasil, novas produções com estréia em 2012, reencontro com grandes amigos....e infelizmente um perda de Luiz Carlos Batista ator, colaborador e grande fã da Recurso Zero Produções que nos deixa!

Felizmente sua imagem e arte será eterna em nossos filmes!


domingo, 18 de dezembro de 2011

CERTIFICADOS DO FIM - FESTIVAL IMAGEM MOVIMENTO

Em novembro a RZP participou do FIM - Festival Imagem Movimento em dose dupla, com os filmes "GATO" e "ESTRANHA", hoje tivemos o prazer de receber os certificados dessa participação da organização do festival e gostaríamos de agradecer mais uma vez a oportunidade de exibir nossos filmes!




Obrigado e até o ano que vem!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

CURTA "GATO" DA RZP NO DICIONÁRIO DE FILMES BRASILEIROS - CURTA E MÉDIA METRAGEM


O filme "GATO" da RZP dirigido por Joel Caetano está fazendo parte dos 21.686 filmes que foram catalogados no Dicionário de filmes Brasileiros - Curta e Média Metragem um trabalho incrível escrito por Antônio Leão da Silva Neto.

E o melhor é que esse excelente livro é gratuito, podendo ser retirado ou, se você mora em outra cidade ou estado que nao seja de São Paulo capital, recebido via Correio, mediante ao pagamento da taxa de envio.

Vejam mais informações sobre o livro:

Livro abrange o período de 1897 até 2011
Foi lançado no dia 23 de novembro a 2ª edição, totalmente revista e atualizada, do Dicionário de Filmes Brasileiros – Curta e Média Metragem, de Antonio Leão da Silva Neto. Trata-se do mais completo levantamento já feito sobre a produção brasileira de curtas e médias, englobando obras realizadas tanto em película (Super-8, 16mm e 35mm) como também em formato digital.

Foram catalogados 21.686 filmes e mais de cinco mil diretores, com sinopses e ficha técnica completa, incluindo técnicos, elenco, argumento, participações em festivais, premiações, comentários, curiosidades, enfim, tudo que foi possível informar nesse incrível e árduo trabalho de pesquisa editado em 1.270 páginas.

Resultado de 10 anos de pesquisas, o Dicionário de Filmes Brasileiros – Curta e Média Metragem aborda desde o início do cinema no Brasil (quando Affonso Segreto, de volta da França com uma câmera na mão adquirida dos irmãos Lumière, realiza as primeiras imagens da Baía da Guanabara), caminha pela longa produção oficial do INCE, depois INC e posteriormente Embrafilme, enfoca os ciclos regionais e os curtas clássicos, até chegar aos dias de hoje, com a explosão da produção digital.

Editado pelo IBAC - Instituto Brasileiro Arte e Cultura, com patrocínio do FNC - Fundo Nacional de Cultura, órgão ligado a Secretaria do Audiovisual e ao MinC - Ministério da Cultura, com o apoio da Escola da Cidade - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, o Dicionário de Filmes Brasileiros – Curta e Média Metragem tem apresentação da produtora e curadora Raquel Hallak, o prefácio do cineasta e produtor cultural Francisco César Filho (Chiquinho) e a orelha da capa do cineasta e jornalista Alfredo Sternheim.

Sem a pretensão de esgotar o assunto, o livro engloba tudo o que já foi publicado até hoje sobre curtas e médias metragens brasileiros, além de dados adicionais e raros de filmes produzidos e nunca exibidos, ou mesmo desaparecidos. Por seu grau de profundidade e riqueza de dados, este Dicionário é fonte de informação obrigatória e imprescindível para qualquer cinéfilo ou pesquisador sobre cinema em geral.

Ficha Técnica:
Livro: "Dicionário de Filmes Brasileiros – Curta e Média-Metragem"
Autor: Antônio Leão da Silva Neto
Edição: IBAC – Instituto Brasileiro Arte e Cultura
Edição Limitada
N° Páginas: 1270
Distribuição Gratuita – Solicitações por dicionariodefilmes@ibacbr.com.br, telefone (11) 6944-7850, com Ângela.

DIRETO DO TÚNEL DO TEMPO

Muito trabalho, muitos filmes, muitas conquistas!
RZP há mais de 10 anos produzindo arte!

Olhem só as nossas caras de criança, querendo dominar o mundo!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

VENCEDORES DO VI CINEFANTASY

Parabéns aos premiados no VI Cinefantasy!!!!


CURTAS METRAGENS


MELHOR CURTA POR JURI POPULAR
BUNNY THE KILLER THING (Ficção, horror, Finlândia, 2011)
Direção: Joonas Makkonen
















MELHOR CURTA HORROR
WILT (Ficção, horror, Alemanha, 2011)
Direção: Daniel Vogelmann















MELHOR CURTA FICÇÃO CIENTIFICA
DECAPODA SHOCK (Ficção, ficção científica, Espanha, 2011)
Direção: Javier Chillon
















MELHOR CURTA FANTASIA
EMPLOYEE OF THE MONTH ( Ficção, fantasia, Suíça, 2011)
Direção: Olivier Beguin
















MELHOR CURTA ANIMAÇÃO
THE BACKWATER GOSPEL
(Animação, ficção científica, Dinamarca, 2011)
Direção: Bo Mathorne
















MELHOR CURTA DIREÇÃO
WILT (Ficção, horror, Alemanha, 2011)
Direção: Daniel Vogelmann


MELHOR CURTA ROTEIRO
WILT (Ficção, horror, Alemanha, 2011)
Direção: Daniel Vogelmann
Roteiro: Lukas Becker, Mathias Brod, Daniel Vogelmann


MELHOR CURTA TRILHA SONORA
Y VOLVERÉ... (Ficção, horror, México, 2010)
Direção: Edgar Nito















MELHOR CURTA MAQUIAGEM
BRUTAL RELAX (Ficção, horror, Espanha, 2010)
Direção: Adrián Cardona, Rafa Dengrá e David Muñoz
















MELHOR CURTA EFEITOS
EMPLOYEE OF THE MONTH ( Ficção, fantasia, Suíça, 2011)
Direção: Olivier Beguin


MELHOR CURTA CRIATURA
BUNNY THE KILLER THING (Ficção, horror, Finlândia, 2011)
Direção: Joonas Makkonen
Matti Kiviniemi - Bunny the Killer Thing


MELHOR CURTA VÍTIMA
AMY'S IN THE ATTIC (Ficção, horror, Canadá, 2011)
Direção: Matthew Saliba
Kayden Rose - Amy
















MELHOR CURTA VILÃO
LAVAGEM
Ficção, horror, Brasil, 2010)
Direção: Shiko
O Pastor
















PRÊMIO ESTÍMULO AMADOR
VELHO MUNDO (Ficção, fantasia, Brasil, 2010)
Direção: Armando Fonseca
















PRÊMIO ESTÍMULO ESTUDANTE
DUAS VIDAS PARA ANTONIO ESPINOSA (Ficção, fantasia, Brasil, 2011)
Direção: Caio D'Andrea e Rodrigo Fonseca
















MENÇÃO HONROSA REVELAÇÃO
EU & A LOIRA (Ficção, fantasia, Brasil, 2011)
Direção: Lucas Calmon

















LONGAS METRAGENS


MELHOR LONGA POR JURI POPULAR
ALUCARDOS – RETRATO DE UM VAMPIRO (Doc, Horror, México, 2010)
Direção: Ulises Guzmán
















MELHOR LONGA HORROR
MALDITOS SEAN! (Ficção, Fantasia/Horror/Ficção-Científica, Argentina, 2011)
Direção: Demian Rugna e Fabian Forte
















MELHOR LONGA FICÇÃO CIENTIFICA
DIE FARBE (Ficção, Horror, Alemanha, 2010)
Direção: Huan Vu
















MELHOR LONGA FANTASIA
KROKODYLE (Ficção, Fantasia, Itália, 2010)
Direção: Stefano Bessoni
















MELHOR LONGA DIREÇÃO
ALUCARDOS – RETRATO DE UM VAMPIRO (Doc, Horror, México, 2010)
Direção: Ulises Guzmán


MELHOR LONGA ROTEIRO
HAROLD’S GOING STIFF (Ficção, horror, Grã-Bretanha, 2010)
Direção e Roteiro: Keith Wright
















MELHOR LONGA TRILHA SONORA
O GURI (Ficção, Fantasia, Brasil, 2011)
Direção: Zeca Brito
Trilha Sonora: Luiz Felipe Damiani
















MELHOR LONGA MAQUIAGEM / EFEITOS
A DAY OF VIOLENCE (Ficção, Horror, Reino Unido, 2010)
Direção: Darren Ward
Efeitos/Maquiagem: Cesar Alonso, Stuart Browne, Scott Orr, Alastair Vardy

















MELHOR LONGA CRIATURA
A NOITE DO CHUPACABRAS (Ficção, Horror, Brasil, 2011)
Direção: Rodrigo Aragão
Walderrama dos Santos – Chupacabras


MELHOR LONGA VÍTIMA
MALDITOS SEAN! (Ficção, Fantasia/Horror/Ficção-Científica, Argentina, 2011)
Direção: Demian Rugna e Fabian Forte
O Delegado


MELHOR LONGA VILÃO
MALDITOS SEAN! (Ficção, Fantasia/Horror/Ficção-Científica, Argentina, 2011)
Direção: Demian Rugna e Fabian Forte
Os Anões


PRÊMIO ESPECIAL DESAFIO MESTRE DOS GRITOS


NEGATIVE IMAGE (Ficção, Horror, Reino Unido, 2011)
Direção: Karl Holt